conceitos financeiros para startups

Conceitos financeiros importantes para entender o mundo das startups

O mundo do empreendedorismo está cada vez mais aquecido e para quem deseja entrar nesse universo, torna-se essencial conhecer alguns conceitos financeiros para startups.

Alguns termos, principalmente aqueles em inglês, ainda deixam a maior parte das pessoas confusas a respeito desse tema, o que é um problema para quem sonha em obter sucesso com um empreendimento de rápido crescimento.

Sendo assim, esse artigo tem o intuito de mostrar alguns dos conceitos financeiros mais importantes que lhe auxiliarão a compreender o mundo das startups.

Quer saber mais? Então não deixe de acompanha esse texto até o final!

Fluxo de caixa descontado

O fluxo de caixa descontado é um dos conceitos financeiros para startups, sendo também chamado de FCD, sendo uma técnica para orçamento de capital.

Ela é utilizada em situações em que é preciso aplicar dinheiro em um determinado momento e que ele será recebido no futuro, ou seja, ele trabalha com o valor do dinheiro ao longo do tempo.

Assim, em termos gerais, pode-se dizer que o fluxo de caixa descontado tem a finalidade de determinado o valor presente de uma empresa baseando-se no dinheiro que ele poderá gerar em um momento futuro.

O método é analisado de acordo com as projeções a respeito do fluxo de caixa da empresa e os descontos que serão realizados sobre esses valores.

Funding – um dos conceitos financeiros para startups

O funding é um termo extremamente importante em termos de startups, significando a captação de recursos financeiros com o objetivo de se realizar investimentos de forma específica em uma empresa.

As startups, atualmente, são as empresas que mais usam esse tipo de captação, principalmente aquelas relacionadas com a tecnologia e o desenvolvimento de soluções.

Pôr as empresas terem, muitas vezes, recursos bastante limitados, o uso da captação de recursos com o funding ajuda elas a crescerem e investirem em inovação.

Valuation pré-money e pós-money

Saber a valuation de um startup é extremamente importante para, por meio da combinação de elementos diversos, chegar a um valor sugerido da empresa.

A principal finalidade da valuation é realizar um cálculo de um valor que um potencial investidor precisará pagar para obter as ações de uma startup.

Em relação à valutation, ele pode ser dividido em dois tipos:

  • Valuation pré-money: é o valor atual da startup, ou seja, aquele antes do recebimento do investimento
  • Valuation pós-money: esse é o valor da startup após o recebimento do investimento (por meio da captação de recursos)

Para realizar o cálculo da valuation de uma startup, são usados diversos fatores, entre os quais:

  • O tamanho do mercado em que a startup está inserida
  • Quem é a equipe por trás da startup
  • Como está o mercado em termos de competitividade

Burning rate

Por último, o burn rate ou burning rate trata-se de um indicador ligado à sustentabilidade do empreendimento.

Isso significa que ele irá dar uma previsão de por quanto tempo a empresa poderá manter as suas operações enquanto as vendas realizada não aumentam e traem maior lucratividade.

No caso das startups, a relação do indicador burning rate é com a mensuração do quanto a empresa está utilizando o capital de recursos obtidos com o financiamento.

Todo empreendimento que está começando precisa superar algumas fases ou obstáculos para que possa, finalmente, alcançar o sucesso.

Se a taxa do burning rate está muito alta e a startup não está conseguindo vendas, isso é mal visto pelos potenciais investidores, e as chances de conseguir capital para investir é menor.

Para conseguir reduzir e controlar a burning rate, algumas dicas importantes são:

  • Não tenha mais gastos do que o que entra em caixa
  • Busque por estratégias que irão lhe auxiliar a aumentar as vendas da empresa
  • Mantenha a empresa dentro de uma margem de contribuição que seja segura em termos de vendas e lucro sustentável

Conclusão sobre os conceitos financeiros para startups

Como você viu, o mundo das startups tem uma relevância cada vez maior, à medida que novos empreendimentos vão surgindo e entrando no mercado.

Neste texto, mostramos a você alguns dos conceitos financeiros para startups que todos que desejam entrar nesse universo precisam conhecer.

Gostou do artigo de hoje sobre os conceitos financeiros importantes para entender o mundo das startups? 

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: