demonstrações financeiras

Para que servem as demonstrações financeiras

Demonstrações financeiras: Você saberia dizer o que são e para que servem?

Muitos empreendedores iniciam um negócio sem ter o total conhecimento a respeito desse tema. O que os impede de prestar contas da forma certa e tomar decisões embasadas.

Sendo assim, o objetivo desse artigo é, justamente, falar um pouco mais a respeito das demonstrações financeiras e a importância delas para qualquer empresa, incluindo as startups.

Quer saber mais? Então não deixe de acompanhar esse texto até o final!

O que são demonstrações financeiras?

As demonstrações financeiras nada mais são do que relatórios contábeis de uma determinada empresa. Relatórios que têm a finalidade principal de ajudar na tomada de decisões de aspectos financeiros para um empreendimento.

Assim, por meio delas é que os gestores poderão compreender como está o panorama geral da situação financeira da empresa que administram.

Com esses relatórios detalhados, torna-se possível:

  • Apurar os impostos que devem ser pagos
  • Realizar investimentos que sejam mais rentáveis e tragam melhores retornos para a empresa
  • Efetuar um controle mais eficaz do fluxo de caixa
  • Dedicar-se a um melhor gerenciamento do negócio

Por meio dessas demonstrações financeiras também é que as empresas podem realizar as prestações de contas anuais. Além de serem eficazes para que investidores, clientes e outros possam conhecer melhor a situação da organização.

Tipos de demonstrações financeiras

preparando demonstrações financeiras

Conhecido o que são as demonstrações financeiras, é hora de saber mais sobre os principais tipos delas, que ajudarão na melhor organização das finanças da empresa:

  • Balanço Patrimonial: é um tipo de relatório contábil, comum de ser feito sempre ao final de um ano, para se verificar a situação do patrimônio da empresa, bem como a situação financeira atualizada. Por meio dele, pode-se saber como anda o equilíbrio do patrimônio por meio da análise dos ativos, dos passivos e do patrimônio líquido do negócio
  • Demonstração de Resultados do Exercício (DRE): por meio desse relatório é possível reunir todas as informações das finanças da empresa. Mostrando qual foi o resultado do exercício líquido, de modo a saber se as opções realizadas trouxeram lucros ou prejuízos
  • Fluxo de Caixa: por meio da análise feita no caixa interno da empresa, dentro de um período específico (dia, mês, semana, ano), pode-se saber quanto de dinheiro entrou em caixa e quanto saiu naquela data estipulada

Para que servem as demonstrações financeiras?

Todas as demonstrações financeiras, além das que foram vistas ainda podem ser citadas a Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados e a Demonstração do Valor Adicionado, possuem uma finalidade em comum.

É por meio desses relatórios que toda a equipe financeira, bem como os gestores e os sócios da empresa poderão tomar decisões embasadas e mais seguras.

Sabendo quanto possuem em caixa e quanto podem usar de recursos, as empresas podem realizar ações, como a aprovação de financiamentos, sem o risco de vir a endividar-se.

Por meio dessas demonstrações financeiras, portanto, pode-se ter discriminados todos os gastos, qual o faturamento previsto e os retornos que serão alcançados pelos investimentos realizados, tudo com segurança.

Conclusão

Como você viu, as demonstrações financeiras servem, de uma forma geral, para proporcionar um maior conhecimento a respeito das finanças de uma empresa pela equipe financeira, gestores e sócios.

Neste texto, mostramos o que são esses relatórios contábeis que toda empresa deve ter. Quais são os principais tipos e a importância dessas demonstrações para toda empresa que deseja tomar decisões assertivas e seguras.

Gostou do artigo de hoje sobre para que servem as demonstrações financeiras de uma empresa? 

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: